fbpx

logo

Os Impactos da Pandemia de Covid-19 no Mercado de Trabalho

publicado em:8/04/21 4:12 PM por: Bruna Cecílio GeralNotícia

Há cerca de um ano o planeta tem vivido uma reviravolta com a pandemia de covid-19. As pessoas tiveram suas rotinas totalmente modificadas e tem sido necessário o uso de máscaras, higienização constante das mãos e distanciamento social. Tudo isso alterou também as possibilidades de lazer, de socialização e de trabalho.

A doença tem ceifado a vida de muitos e deixado sequelas físicas em outros tantos, mas não pára por aí; o mundo também passa por uma séria crise financeira, em especial os países com menos recursos e mais atingidos pelo coronavírus.

homem sentado em home office trabalhando no computador por causa da pandemia de covid-19

As restrições têm gerado impactos em muitos negócios e consequentemente na vida de muitas pessoas, sem falar nos problemas de ordem emocional, como o medo e a depressão. Entre tantos efeitos gerados pelo coronavírus, neste artigo vamos tratar sobre o que ele vem significando para o mercado de trabalho.

Mudanças no Mercado de Trabalho

A pandemia de covid-19 e a crise sanitária e financeira geradas por ela transformaram os métodos, os processos e as relações de trabalho quando menos se esperava. Confira algumas das consequências desse período turbulento:

Aceleração da Digitalização

Com a impossibilidade de trabalhar e estudar presencialmente, escolas, faculdades e empresas em geral precisaram encarar a comunicação digital como uma realidade. Assim, quem não estava na internet precisou aprender rápido ou a sobrevivência ficaria ainda mais difícil.

Isso popularizou as aulas online, antes desprezadas por alguns, e levou negócios a investirem em sites e perfis em redes sociais para alcançar os clientes.

Fechamento de Empresas

A crise financeira tem feito com que muitos negócios fechem as portas. Segundo a pesquisa Pulso Covid-19 nas Empresas feita pelo IBGE, 33,5% das empresas pesquisadas em agosto de 2020 sentiram um impacto negativo na pandemia, sendo que nas empresas de construção esse índice chega a 40% e no comércio varejista 39,7%. Vale observar que são setores que comumente geram muitas vagas de emprego.

cadeiras empilhadas em cafeteria e lanchonete fechada pela pandemia de covid-19

Redução das Vagas de Trabalho

As empresas que não fecharam tiveram que pelo menos reduzir os custos para se manterem vivas, o que quer dizer aumento do desemprego. De acordo com estudo do Censuswide encomendado pela Indeed, 25% das pessoas pesquisadas tiveram redução na remuneração, 16% perdeu o emprego ou teve alguém da família que perdeu o emprego e 8% está buscando uma recolocação.

Trabalho Remoto

Enquanto em algumas empresas o trabalho remoto se tornou uma medida temporária, em muitas o home-office veio para ficar. Amado por uns e odiado por outros, trabalhar de casa exige algumas adequações de espaço e de rotina, mas por outro lado economiza recursos da empresa e tempo do funcionário, que não precisa mais pegar trânsito para se deslocar.

Aumento das Horas Trabalhadas

O trabalho remoto fez com que alguns limites pré-estabelecidos fossem desfeitos, pois hoje a casa é o mesmo local do trabalho, e a comunicação online pode dar a impressão de que o outro está sempre disponível.

Soma-se tudo isso ao cenário incerto, em que muitos têm receio de perder o emprego, e vemos pessoas exaustas física e mentalmente devido à alta carga de trabalho.

Em tempos de crise, é preciso uma dose ainda maior de criatividade, força e coragem. A todos que vêm passando por situações difíceis, desejamos que logo tudo seja superado e que novas oportunidades se desenhem no horizonte.

A Plenu continua trabalhando para auxiliar empresas e pessoas a terem sucesso. E lembre-se que a vacina traz esperança para o fim da pandemia. Até lá, devemos evitar aglomerações, usar máscara e higienizar as mãos frequentemente.